gateway de api
Home » Blog » Cibersegurança » Gateway de API: entenda como funciona e veja exemplos

Gateway de API: entenda como funciona e veja exemplos

postado em: Cibersegurança

Introdução

No mundo da cibersegurança, o gateway de API veio para ser o guardião dos sistemas, gerenciando as entradas, saídas e níveis de acesso que um desenvolvedor tem nas plataformas.

Já falamos por aqui que a API é a sigla para Application Programming Interface e que é uma forma de conceder acesso a grandes sistemas, porém de maneira restrita para não comprometer os dados.

Além disso, você sabe o que são e como os gateways de API funcionam junto aos microsserviços de um sistema?

Vem com a gente que essas e outras respostas você encontra no artigo de hoje, e ainda aprende a implementar soluções de gateway de API eficiente na cibersegurança da sua empresa.

Boa leitura.

gateway de api o que é

O que é uma gateway de API?

Uma gateway de API é uma ferramenta de cibersegurança que atua tanto em grandes sistemas unificados quanto naqueles baseados em microsserviços.

Atua exatamente como um porteiro para regular e autenticar os acessos ao sistema, e também acumula a função de “motoboy” pois é quem vai buscar as requisições nas suas fontes para entregar ao desenvolvedor num ambiente restrito para atuação.

Essas restrições podem ser configuradas pela equipe de T.I para permitir acesso apenas aos dados que serão necessários para execução daquele determinado projeto, e assim executar uma implementação sem que comprometa todo o sistema.

É uma ferramenta de segurança digital eficiente e também é uma forma de controle mais simplificado, pois geralmente unifica tudo numa interface simples e clara para que o gestor possa atuar com mais assertividade, e isso desafoga bastante as funções do time de T.I.

Qual a finalidade de uma API?

Falamos de forma mais completa sobre APIs num conteúdo recente, que vale a pena a leitura, porque abordamos principalmente como fazer a segurança delas, mas em resumo, as APIs servem para conceder acesso parcial a um sistema.

Isso é muito necessário para que implementações possam ser feitas em determinadas funções de um sistema, ou de algum endpoint, sem expor informações sensíveis.

Então, a API é como se invés de conceder acesso a casa toda, você liberasse apenas um cômodo para que alguém executasse um determinado serviço, sem ter acesso a privacidade do seu quarto por exemplo.

gateway de api vantagens

Gateway de API: entenda como funciona

Ainda nessa analogia da casa, a API é o acesso a um cômodo específico para executar uma implementação, então podemos dizer que a API é como se você contratasse alguém para consertar o seu televisor.

Agora imagine que durante o conserto, o profissional precise do controle da TV que por acaso está no seu quarto, e você não quer que ele entre e invade um local privado com informações sensíveis.

Portanto, você mesmo destranca a porta, pega o controle e leva até ele na sala.

É exatamente isso que o gateway de API faz, ele garante que o usuário fique restrito aquela parte do sistema, e também é responsável por atender requerimentos que sejam necessários para atuação do desenvolvedor.

O usuário tem acesso só aquele pedaço e não faz a menor ideia do que há para além, por isso funciona também em sistemas que utilizam operações de minisserviços.

gateway de api autenticação

Vantagens de usar API gateway

Primeiro que existem muitos benefícios operacionais e de gestão para sua empresa, pois um sistema robusto e eficiente de API gateway ajuda na redução de custos operacionais pois otimiza tarefas, automatiza grande parte das atividades da operação e principalmente é mais uma camada na segurança dos dados digitais armazenados.

Na cibersegurança em si, os benefícios observados são ainda mais expressivos, e sem dúvidas um deles é desafogar as atuações da equipe de T.I. seja ela interna ou terceirizada.

Além disso, você pode utilizar plataformas modernas e tecnológicas que permitem que até mesmo você gestor que não entende tanto de tecnologia da informação, possa ter uma boa noção do que acontece no seu sistema.

Então, vamos ver quais os maiores benefícios que o gateway de API pode oferecer a sua operação.

Autenticação simplificada

Como o gateway de API faz esse controle preciso dos acessos, é possível aplicar protocolos de autenticação bem mais simples, porém sem comprometer nada da segurança.

É possível aplicar soluções para que determinados endpoints do seu sistema possam ter acesso mais rápido, enquanto outras requisições serão bloqueadas automaticamente caso o requerente não tenha as autenticações adequadas.

Isso colabora para uma maior produtividade de todos os setores operacionais, mas principalmente desafoga as atribuições da equipe de T.I. que podem focar em outros aspectos da cibersegurança.

Mais controle na validação de entrada

O gateway funciona como um porteiro, e um porteiro bastante rigoroso, para que o controle na entrada de usuários seja muito bem feito para mitigar ao máximo o risco de invasões fraudulentas.

A validação é feita para garantir que todas as solicitações dos clientes sejam analisadas e só é liberado o acesso se conter as informações solicitadas e no formato correto, qualquer coisa fora desse padrão, o gateway rejeita a entrada.

Porém, se as informações baterem corretamente com a solicitação, o gateway faz  o encaminhamento do requerimento para que o microsserviço responsável atue na entrega das informações solicitadas pelo cliente.

Respostas com informações na linguagem adequada

Algo que acontece muito com uso de APIs é que alguns sistemas são um pouco antigos para os parâmetros de programação, então quando uma solicitação é feita em Json por exemplo, o sistema só consegue retornar a resposta em XML.

Isso faz com que o processo fique muito mais trabalhoso, porque o desenvolvedor vai precisar pegar esses dados no formato XML e fazer todo o processo de converter para Json e assim conseguir utilizar aquela informação.

Com uma solução de gateway de API essa transformação é feita automaticamente para entregar a solicitação na linguagem de programação adequada para cada dispositivo solicitante.

Algumas solicitações precisam de mais dados, outras menos, e isso varia de onde é sua origem, por isso ter isso de forma automatizada agiliza muito o processo, e isso é o que o gateway de API entrega melhor.

gateway de api pagamento

Conheça mais benefícios do gateway de API

Usar um gateway de API no seu sistema é uma das formas mais eficientes e seguras de controlar os acessos e permitir implementações de terceiros sem comprometer a segurança das informações.

E não importa qual o sistema que você utiliza e nem os dispositivos endpoints conectados a sua rede, pois uma boa ferramenta vai automatizar toda essa comunicação para que você tenha toda praticidade no atendimento das solicitações dos usuários, sem gerar um gargalo no seu setor de T.I.

Você também pode agrupar seus microsserviços para deixar o acesso simplificado por meio do API gateway com toda segurança necessária para proteger os seus dados.

Para entender um pouco melhor essa questão dos microsserviços, explicaremos um pouco melhor a seguir.

Veja exemplos do por que usar gateway de API

A utilização do gateway de API para facilitar o acesso a solicitações de microsserviços, já é um baita exemplo de como o uso dessa solução facilita as operações dentro do seu sistema, facilitando para que usuários e desenvolvedores consigam desempenhar bem seus papéis.

Primeiro é importante a gente entender que existem alguns tipos de gateways que podem ser utilizados em algumas situações específicas.

Não tem um tipo pior ou melhor de gateway, na verdade, a escolha vai muito mais pelos tipos de API que seu sistema necessita, dentro de uma arquitetura de T.I eficiente.

Um exemplo prático que a gente usa no dia a dia são os aplicativos de mobilidade como Uber, 99 e afins, utilizam um gateway de API do Google para que tenham acesso aos dados do Maps para otimizar a sua navegação.

Ou seja, isso permite que o Google entregue um serviço eficiente para os aplicativos sem deixar outras partes do seu sistema exposto.

Entenda o que são os microsserviços

Os microsserviços, que também já foram chamados de mini sistemas, são um tipo de estratégia de arquitetura e organização em desenvolvimento de softwares e sistemas em rede, e são basicamente as execuções de pequenos serviços independentes que se comunicam ao sistema central por meios das APIs que tanto falamos.

A suas definições são planejadas para desafogar um sistema maior e também permite que sejam implementadas diretrizes de segurança mais eficientes, e uma das desvantagens é o fato que de que um sistema composto de muitos microsserviços gera uma demanda maior para ser gerenciado pela sua equipe de T.I.

Porém, as vantagens são muito maiores, principalmente se utilizados junto com uma solução de gateway de API para um melhor controle.

Por que usar uma API gateway com microsserviços

Os microsserviços funcionam de forma independente, o que permite que desenvolvedores façam alterações pontuais sem impactar o sistema como um todo.

O outro lado também funciona, pois se uma aplicação utilizando microsserviços falhar, o sistema continua de pé, operando normalmente.

No entanto, quando o sistema é muito grande e utiliza muitas aplicações baseadas em microsserviços, a missão de gerenciar todas essas funções pode ser um pouco complicada, o que sem dúvidas sobrecarrega a sua equipe de TI.

Para isso, utilizar uma solução de gateway de API é a melhor maneira de gerenciar esses microsserviços, organizando todos numa mesma dashboard, mas principalmente automatizando muitas operações.

O gateway, por exemplo, vai automaticamente fazer uma solicitação para o microsserviço e levar a informação para API onde está o usuário solicitante, tudo de forma rápida, sem precisar da ação do time de T.I.

Mesmo assim, essas solicitações seguem protocolos de segurança rígidos, então, se houver qualquer irregularidade no pedido, o cliente não terá acesso, pois o gateway bloqueia, o que é ótimo para garantir a cibersegurança do seu sistema.

Não confunda gateway de API com o API Manager

Para o leigo, essa pode ser uma confusão muito comum, pois como falamos bastante já aqui, o gateway de API permite que você faça a gestão de tráfego dos usuários através das APIs, enquanto o API manager gerencia as APIs e não o tráfego de usuários em si.

As principais soluções de API manager do mercado implementam apenas uma camada para que você possa gerenciar as API e até os gateways, permitindo inclusive uma visualização mais simplificada dos dados e estatísticas do negócio.

Então, podemos dizer que o API manager é o síndico do condomínio que gerencia o todo, enquanto o gateway é quem está na portaria permitindo ou barrando os acessos para proteger o seu sistema.

Essa arquitetura inovadora que os microsserviços permitem aos softwares conferem muito mais agilidade para que os desenvolvedores desempenhem suas funções.

gateway de api microsserviços

Também não confunda gateway de API com o Amazon API gateway

O Amazon Gateway API, por mais que amplamente utilizado na comunidade de desenvolvedores, é bastante diferente de um serviço de gateway de API apesar de oferecer funções similares.

O serviço é gerenciado pelo AWS (Amazon Web Services) e a grande sacada é ser uma plataforma que funciona como um hub de APIs, onde desenvolvedores têm a oportunidade de criar, armazenar, publicar e monitorar suas APIs em qualquer escala com muito mais facilidade.

É um serviço que se beneficia da arquitetura em nuvem da Amazon, mas na prática funciona mais como uma biblioteca de APIs para desenvolvedores, do que uma solução realmente eficiente para aplicar nas empresas.

Para os seus sistemas, independentemente do tamanho que tenham, a solução mais assertiva é aplicar um serviço de automação e gestão de privacidade que funcione como um gateway de API e ainda agrega outras funções de cibersegurança.

Estamos falando do Securiti da Vantix, que utiliza inteligência artificial para fazer com que os procedimentos de segurança sejam automatizados, mantendo a segurança necessária.

Acelere a adequação e sustentação à LGPD com ajuda da Inteligência Artificial com a Vantix. Clique e saiba mais!

Conclusão

As ferramentas de gateway de API ganharam muita força no universo da cibersegurança, por fazerem essa gestão eficiente do tráfego de usuários e ainda conectar os microsserviços que permitem que o sistema seja eficiente e totalmente seguro.

Implemente essa solução na sua empresa para aproveitar as vantagens da ferramenta e consiga ainda mais desempenho com a plataforma Securiti da Vantix e tenha o que há de melhor no mercado quando assunto é cibersegurança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.