DLP
Home » Blog » Cibersegurança » DLP: Saiba como a solução ajuda na proteção de sua empresa

DLP: Saiba como a solução ajuda na proteção de sua empresa

postado em: Cibersegurança

DLP, ou Data Loss Prevention, é uma solução de segurança voltada para a prevenção à perda e vazamento de dados. Saiba como funciona a DLP!

Com o avanço da transformação digital, a segurança da informação nas empresas nunca foi um tema tão abordado. Entre as soluções de proteção disponíveis no mercado, está a DLP.

Além de ter um importante papel na adequação à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), a Data Loss Prevention também contribui para o sucesso dos negócios.

Afinal, com os dados se tornando um ativo cada vez mais valioso para as organizações de todos os segmentos, se prevenir contra ataques virtuais é preciso.

Segundo o Panorama de Ameaças 2021 da Kaspersky, o Brasil teve um aumento de 23% no número de ciberataques. A mesma tendência foi percebida em toda a América Latina.

Com uma solução de DLP, é possível garantir que a coleta, armazenamento, tratamento, utilização e troca de informações ocorra a partir de processos seguros dentro dos negócios.

Neste guia completo, você vai entender qual a aplicação da DLP e sua importância dessa tecnologia para garantir a proteção de dados na sua empresa. Boa leitura!

O que é DLP (Data Loss Prevention)?

dlp o que é

DLP (Data Loss Prevention, ou Prevenção de Perda de Dados, em português) é uma solução que trabalha para a prevenção e diagnóstico de ocorrências que envolvam a perda e/ou vazamento de dados privados.

Inserida em processos de monitoramento, a DLP garante que vulnerabilidades sejam devidamente combatidas nos sistemas de empresas.

Sua análise é baseada em políticas que definem ações a serem tomadas após um possível problema ser identificado.

Um dos princípios da DLP é que apenas usuários autorizados podem acessar e compartilhar informações confidenciais ou críticas de uma empresa.

Além de propor um conjunto de práticas, a Data Loss Prevention também envolve ferramentas para garantir a integridade de dados, como:

  • Firewalls UTM;
  • Soluções end-point (antivirus);
  • Antispams

Essas soluções de segurança podem ter o recurso de DLP para prevenir a invasão de redes e dispositivos, evitando o vazamento de dados.

No entanto, o mais recomendado para as empresas, ao invés de recursos de DLP em outras soluções, é o uso de uma solução específica para tal.

Assim, sendo possível aproveitar recursos fundamentais para a identificação, detecção e monitoramento de informações confidenciais.

Para que serve uma solução DLP?

A solução DLP é usada para monitorar ocorrências que tenham como consequência o vazamento de dados em geral.

Dessa forma, tendo foco na prevenção contra ações mal-intencionadas ou possíveis ciberataques.

Isso significa que tanto informações internas, como estratégias de mercado, quanto privadas, como dados pessoais de clientes e parceiros, são protegidas.

Alguns exemplos práticos do que a DLP pode proteger são:

  • E-mails na nuvem;
  • Dados em endpoints tradicionais;
  • Dados em movimento;
  • Dispositivos móveis.

Quais os tipos de DLP existentes?

Existem três tipos diferentes de DLP, cada uma com suas particularidades, mas mantendo o objetivo de prevenção contra perda de dados.

Os tipos de DLP existentes são:

Network DLP

O Network DLP é um software que monitora, detecta e bloqueia potencialmente o roubo de dados confidenciais enquanto eles estão em movimento.

Nessa solução, o DLP é integrado aos pontos em que as informações saem da rede corporativa.

Depois de instalado, o Network DLP evita que informações críticas sejam extraídas da rede da empresa para uma outra com fins maliciosos.

Também são produzidos relatórios sobre os dados que transitam na rede da empresa. O objetivo é informar para onde as informações estão indo e quem está as acessando.

Vale ressaltar que as informações coletadas pelo Network DLP são armazenadas em um banco, facilitando a administração pelo usuário.

Por suas características, esse tipo de DLP é o ideal para a execução de varreduras de dados em trânsito pelas portas e protocolos das empresas.

Storage DLP

O Storage DLP é um sistema bastante útil para a visualização e controle de arquivos confidenciais armazenados e compartilhados na nuvem.

Através dele, profissionais responsáveis pela rede conseguem identificar brechas e se prevenir contra potenciais riscos.

Dessa forma, eliminando a chance de vazamento de dados e preservando a integridade das informações corporativas.

Para saber quais são os dados tratados pela empresa e quantos destes são considerados sigilosos, o Storage DLP é a solução ideal.

Endpoint DLP

O Endpoint DLP serve para anular os riscos envolvidos no uso de dispositivos removíveis, como os pen drives.

Afinal, o mau manuseio de ferramentas externas pode ocasionar em problemas sérios de vulnerabilidade em redes corporativas.

Quando instalado nos equipamentos de uma empresa, o Endpoint DLP faz o monitoramento e combate de problemas, sejam eles causados acidental ou intencionalmente.

Assim, impedindo que informações sensíveis sejam vazadas para fora da rede da empresa.

Para isso, é comum que a opção Endpoint seja instalada em todas as estações de trabalho e dispositivos usados pelos colaboradores de uma empresa.

Quais são as funcionalidades da DLP?

DLP

Uma boa DLP é capaz de proteger toda a infraestrutura de dados de uma empresa sem interferir na performance dos seus sistemas.

Esse tipo de solução de segurança faz o monitoramento de ambientes de dados heterogêneos e oferece mais visibilidade das informações de forma local ou remota.

Como consequência, garante a proteção adequada da propriedade intelectual dos negócios, evitando a venda, espionagem ou exposição de informações.

A Data Loss Prevention também é independente de logs nativos de um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados (SGBD).

Nesse caso, o armazenamento dos logs de auditoria é feito em repositório seguro e inviolável.

O sistema DLP ainda inclui aceleradores de conformidade para as principais regulamentações de proteção de dados, como:

  • LGPD;
  • PCI;
  • GDPR;
  • HIPAA;
  • BASEL II;
  • SOX;
  • CCPA;
  • DSS.

Desse modo, sendo importante para garantir a conformidade legal da empresa e proteger informações sensíveis, como dados pessoais de clientes e contratos comerciais.

Como atua a DLP?

A DLP funciona a partir de dois princípios básicos: identificar informações confidenciais a serem protegidas e tomar medidas para evitar possíveis riscos.

Sem esse tipo de ferramenta, identificar o que é confidencial (e por isso precisa de proteção) pode ser uma tarefa bastante complexa.

Afinal de contas, em uma infraestrutura corporativa, os dados podem existir em diferentes locais e possuírem diversos formatos, como por exemplo:

  • Dados em movimento: transmitidos por meio de uma rede, sendo ela interna, de nuvem para nuvem ou pela internet pública;
  • Dados em uso: dados ativos em RAM, registros de CPU ou memória cache;
  • Dados em repouso: armazenados em um sistema de arquivos, banco de dados ou infraestrutura de backup.

Nesse sentido, as soluções de DLP implantam agentes para pesquisar informações sob a sua supervisão.

São usadas diversas técnicas para que os dados confidenciais (ou que exigem proteção) sejam encontrados.

Entre as estratégias de busca por documentos, arquivos ou dados sensíveis, estão incluídas:

  • Análise estatística: uso de aprendizado de máquina ou análise Bayesiana para tentar identificar informações confidenciais;
  • Correspondência baseada em padrões: busca por dados que correspondam a regras específicas, como números de 11 dígitos (CPF) e de 16 dígitos (cartão de crédito);
  • Correspondência parcial: os agentes buscam arquivos que sejam ao menos parcialmente similares aos padrões definidos previamente;
  • Correspondência exata: busca por documentos com base em seus hashes (algoritmos que mapeiam dados).

Em geral, as soluções de DLP também permitem a criação de combinações personalizadas de regras para buscar por dados específicos de uma empresa.

Depois disso, o papel do software é lidar com os dados de acordo com seu tipo e com as responsabilidades dos usuários em torno deles.

Para isso, é preciso que haja uma estratégia organizacional que sirva como base para as políticas e procedimentos da DLP.

No momento em que a ferramenta identifica algo que viola alguma das políticas estabelecidas, são implementados controles de segurança para prevenir a perda de dados.

Isso pode incluir a emissão de alertas ou o bloqueio completo do acesso à rede, por exemplo.

A importância da solução DLP nas empresas

É possível notar a importância da DLP nas empresas a partir dos dados sobre a quantidade de ataques virtuais ocorridos no Brasil.

De acordo com o Panorama de Ameaças 2021 da Kaspersky, citado no início deste artigo, o Brasil lidera as tentativas de ciberataque na América Latina.

Só no primeiro trimestre de 2021, foram mais de 3,2 bilhões de ataques virtuais no país, segundo levantamento da Fortinet.

Os efeitos dessa realidade nas empresas, principalmente aquelas que não buscam por soluções de cibersegurança, é devastador.

No relatório Cost of a Data Breach Report 2020, realizado pelo Ponemon Institute, foi apontado um custo médio de US$3,86 milhões a nível global por violação de dados.

No Brasil, o prejuízo das empresas chega aos US$1,12 milhões, incluindo gastos com hackers, recuperação de dados e sanções federais.

Portanto, é possível notar que contar com uma proteção de dados completa é fundamental para o crescimento de organizações.

Em alguns casos, o prejuízo pode ser tão alto a ponto de desestabilizar o caixa da empresa e comprometer sua sustentação no mercado. 

Adequação LGPD

Além de evitar a violação de dados e os altos custos envolvidos, o serviço de DLP também garante a conformidade com a lei.

Afinal, a Lei Geral de Proteção de Dados já se encontra em total vigor no Brasil, adequando atividades empresariais aos padrões globais de segurança de dados.

A vantagem é que muitas ofertas de DLP se referem a serviços hospedados e se adequam aos diferentes portes dos negócios.

Dessa forma, oferecendo custos mais acessíveis e dispensando a necessidade de criar uma equipe interna na sua empresa.

Quais empresas devem aderir a essa solução?

Com o sequestro de dados cada vez mais comum, empresas de todos os portes podem usar tecnologias DLP para se protegerem.

Isso porque, para atuar com eficiência, a Proteção de Perda de Dados não depende do tamanho de organizações.

Para implementá-la no seu negócio, basta contar com a orientação de uma empresa especializada na proteção de dados, como a Vantix.

Com apoio profissional, é possível entender quais as reais demandas de segurança do seu negócio e evitar o gasto excessivo com recursos desnecessários.

Quais são os benefícios da DLP?

Ao implementar a DLP, as empresas aproveitam diversos benefícios relacionados à segurança da informação.

Agora que você já entende como essa solução funciona, é importante compreender suas vantagens na prática.

Confira abaixo os principais benefícios da DLP:

Varredura de ameaças internas e externas

O software DLP trabalha fazendo varreduras antivírus a partir do uso de um firewall que limita o acesso externo à rede interna.

Com ele, é possível encontrar malwares como o ransomware, além de outros tipos de ameaças que desejem prejudicar a rede da sua empresa.

O Data Loss Prevention também diminui as ameaças internas criptografando dados copiados para dispositivos USB ou enviados para fora da rede.

Além disso, garante o monitoramento contínuo de dados, identificando com agilidade a ação de invasores e evitando o roubo de dados.

Definição e implementação de políticas

Por meio de algoritmos programados, a DLP se baseia diretamente nas políticas de cibersegurança da sua empresa.

Sendo assim, é possível padronizar regras sobre o que deve ser monitorado pela DLP e como isso será executado.

Também existe a possibilidade de programar o sistema para responder ao tratamento inadequado de dados por meio de e-mails ou pop-ups. 

Assim, informando ao usuário que ele violou as políticas da empresa e conscientizando-o sobre as melhores práticas relacionadas àquela atividade específica.

Eliminação de falhas e vulnerabilidades

A partir do monitoramento feito por uma DLP, torna-se mais fácil identificar processos falhos, assim como a possibilidade de ataques externos.

Nesses casos, a DLP tem o papel de corrigir a falha com agilidade, evitando o comprometimento de sistemas e a perda de dados.

Controle sobre arquivos

Um dos grandes benefícios da implementação de uma DLP é a criação de um inventário com todos os arquivos da empresa.

O processo, ocorrido ainda no momento de instalação, ajuda a fazer com que o sistema de proteção funcione da melhor forma possível.

Consequentemente, também permite uma melhor organização dos arquivos, aumentando a produtividade de diversos processos. 

Maior economia

Além de economizar dinheiro com a criação de uma equipe interna de proteção de dados, as empresas com DLP evitam prejuízos.

Com ameaças digitais evoluindo e exigindo milhões em troca dos dados roubados, garantir o nível adequado de cibersegurança também preserva a saúde financeira da sua empresa.

Boa reputação no mercado

Em geral, além dos prejuízos, organizações vítimas de vazamento de dados precisam lidar com uma má reputação no mercado.

Afinal, os consumidores estão cada vez mais conscientes dos riscos do mundo digital e, por isso, criteriosos na hora de escolher com quem irão compartilhar seus dados.

Ao manter boas práticas de segurança de dados, é possível criar uma relação de confiança com seus clientes e se destacar da concorrência.

Como implementar uma solução DLP em sua empresa?

A adoção de um sistema DLP é um processo que exige algumas definições por parte da empresa, como:

  • Quais os tipos de dados a serem manipulados pelo negócio;
  • Onde as informações confidenciais da sua empresa são armazenadas;
  • Quem possui autorização para acessá-las com regularidade.

Com o resultado obtido por esse estudo, é possível determinar quais os pontos de vulnerabilidade do seu negócio e definir as soluções adequadas para eliminá-los.

Por conta da complexidade envolvida, a contratação de uma empresa especializada em segurança de dados pode ser uma boa opção.

Com esse apoio, é possível estabelecer um plano de ação que envolva o monitoramento de conteúdo nos pontos de entrada e saída de dados, além do uso de criptografia para proteger informações em movimento.

A abordagem especializada também deve incluir a aplicação de regras para o uso adequado e seguro de dados no seu negócio.

Vale ressaltar, ainda, a importância de que a solução DLP consiga se integrar com as demais tecnologias e softwares utilizados pela empresa.

Como a Vantix pode te ajudar?

A Vantix é uma empresa especialista em governança e privacidade de dados.

Através da nossa solução de Data Loss Prevention, possibilitamos que você esteja à frente dos riscos que ameaçam seu negócio sem interferir na performance dos seus sistemas.

Proteja seus dados enquanto habilita a produtividade na sua empresa. Conheça a DLP da Vantix!

Conclusão

Neste artigo, você descobriu como funciona a Data Loss Prevention e qual a sua importância para a segurança e durabilidade das empresas.

Buscando implementar soluções de DLP na sua empresa? Conte com a Vantix!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.